A DERIVA – HISTÓRIAS DE EXPLORADORES POLARES

28 nov

As vezes acho que o Ártico para mim esta se tornando mais duotonico . Influenciada pelo registro em preto e branco das expedições .
Penso no cuaderno de bitacora de Hurley , o fotógrafo da inacreditável Expedição de Shakelton para a Antártida . As cameras pesadas, os negativos de vidro, os laboratórios improvisados e os esconderijos “arqueológicos” das relíqueas fotográficas. Uma intensa atividade do ateliê, um exercicio de adaptacão, de invesão poética.  A preparação para a viagem é uma bagagem de possibilidades.

Olho para a minha as duas camera Polaroid Lupa 6 enfileiradas na mesa do ateliê  e vejo a mesma grande e pesada camera de Hurley, Andreé  e Amudsen . Exploradores de incríveis empreitadas, fotografos insistentes , fotos emocionantes . Apegados aos seus cadernos de bitacora aonde registram tudo até o ultimo instante.

Nesta empreitada de construir uma camera polar as histórias se misturam.

Saiba Mais sobre Exploradores e fotografos dos Polos . Veja estes documentarios selecionados no canal de pesquisa “Bitacora” .
http://www.youtube.com/v/hsZOsvWTmI0?version=3

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: